Sistema Respiratório

O sistema respiratório humano é constituído por um par de pulmões e por vários órgãos que conduzem o ar para dentro e para fora das cavidades pulmonares. Esses órgãos são as fossas nasais, a boca, a faringe, a laringe, a traqueia, os brônquios, os bronquíolos e os alvéolos, os três últimos localizados nos pulmões. A função principal do sistema respiratório é basicamente garantir as trocas gasosas com o meio ambiente. O processo de troca gasosa no pulmão, dióxido de carbono por oxigênio, é conhecido como hematose pulmonar. Mas também ajuda a regular a temperatura corpórea, o PH do sangue e liberar água. Este sistema é constituído pelos tratos (vias) respiratórias superior e inferior.

Órgãos: O trato respiratório superior é formado por órgãos localizados fora da caixa torácica: nariz externo, cavidade nasal, faringe, laringe e parte superior da traqueia. O trato respiratório inferior consiste em órgãos localizados na cavidade torácica: parte inferior da traqueia, brônquios, bronquíolos, alvéolos e pulmões. As camadas da pleura e os músculos que formam a cavidade torácica também fazem parte do trato respiratório inferior. O intercâmbio dos gases faz-se ao nível dos pulmões, mas para atingi-los o ar deve percorrer diversas porções de um tubo irregular, que recebe o nome conjunto de vias aeríferas.

Hematose: A hematose é o processo de trocas gasosas que ocorre nos capilares sanguíneos dos alvéolos pulmonares através da difusão de gases: oxigênio e dióxido de carbono. Devido a esse processo, mediando o sistema respiratório e o sistema circulatório, o sangue venoso, concentrado em CO2 e convertido em sangue arterial rico em O2, é distribuído aos tecidos do organismo para provimento das reações metabólicas das células.


Ventilação Pulmonar: Ventilação pulmonar é a renovação do ar da via condutora de ar para os pulmões e do ar do espaço alveolar que ocorre durante a inspiração e expiração pulmonar. A via condutora de ar e o espaço alveolar forma a via condutora-alveolar.

Respiração: A respiração é um processo fisiológico pelo qual os organismos vivos inalam oxigênio do meio circulante e liberam dióxido de carbono.

Anatomia do Sistema Digestório

Nariz

O nariz é a primeira parte do sistema respiratório e é responsável pelo olfato. Dentro do nariz existem fossas nasais, que ajudam a aquecer e a umedecer o ar que entra, e isso ocorre devido à mucosa existente dentro das fossas. Essa mucosa possui vasos sanguíneos, que com o calor do sangue, aquece o ar, possui também pêlos e produz uma substância chamada muco, que quando o ar passa, a poeira e microorganismos que estavam no ar, ficam grudados neste muco com a ajuda dos pêlos, tendo assim um papel de filtrador. Outra coisa que também existe dentro das fossas nasais, são as conchas nasais. Estas servem para turbilhonar o ar, agitar. Dentro do nariz também existem cílios. Estes ajudam a levar a poeira e microorganismos grudados para fora do corpo ou para garganta, ”varrendo”, devido aos seus movimentos.

Faringe

A faringe é um canal que conecta o nariz a boca, e a laringe ao estômago. Esta faz parte de dois importantes sistemas do nosso corpo, o digestório e o respiratório. A faringe humana é divida em nasofaringe, localizada posteriormente à cavidade nasal e tem a função respiratória; orofaringe, posterior à cavidade oral, tem a função digestória. A parte inferior da faringe, onde esta comunica com o esôfago, chama-se laringofaringe ou hipofaringe, está relacionada com os corpos das vértebras C4 até C6.

Laringe

A laringe é um pequeno tubo que fica na parte superior da traquéia, em continuação à faringe e consiste em uma série de cartilagens. No homem é um mecanismo valvular que apresenta várias funções como manter a via aérea permeável assim regulando e controlando a passagem do ar que ventila os pulmões, forma uma válvula que impede a penetração de líquidos e alimentos, durante a deglutição, para o interior das vias aéreas (traquéia e pulmões), como foi dito no post sobre o sistema digestório, e participa da vocalização, sendo assim o órgão da “fonação” no homem. A parte interna da laringe é revestida por pregas, chamadas cordas vocais. Estas cordas constituem um tecido músculo e são responsáveis pelo som, através da vibração destas.

Como ocorre a vibração e consequentemente o som?

Quando respiramos, tanto na expiração quanto na expiração, o ar passa por essas cordas vocais (relaxadas), porém estas não vibram, assim não tendo som. Já quando falamos, gritamos, o cérebro manda mensagens pros músculos que controlam essas cordas, fazendo com que elas se aproximem, aí quando o ar passa por elas, elas vibram e geram som.

Traquéia

A traqueia é um tubo que faz parte do sistema respiratório que liga a faringe aos brônquios e que mais ou menos 10 cm de comprimento e 2 cm de diâmetro. A traqueia possui anéis cartilaginosos que evitam a obstrução desta. O seu revestimento interno é constituído por um epitélio do tipo pseudoestratificado cilíndrico ciliado e rico em células produtoras de muco. Os cílios e muco umedecem e aquecem o ar que respiramos. Quando inalamos poeira, bactérias e partículas aderem-se ao muco e são conduzidas para a garganta através dos batimentos dos cílios (em forma de varredura) e eliminados pela tosse.

Brônquios, Brônquiolos e Alvéolos

A traqueia se divide em dois brônquios principais, brônquios se dividem em bronquíolos que terminam em alvéolos pulmonares, formando assim uma árvore bronquial. Os brônquios são tubos que levam o ar aos pulmões e tem a parede revestida internamente por um epitélio ciliado e externamente por anéis cartilaginosos e possuem na parede, a musculatura lisa, os bronquíolos são ramificações dos brônquios e assim como os brônquios, possuem a musculatura lisa na parede, facilitando contrair e relaxar, e os alvéolos pulmonares são sacos onde se realiza a hematose, processo no qual será explicado mais a frente.

Pulmão

Os pulmões do ser humano são órgãos do sistema respiratório, responsáveis pelas trocas gasosas entre o ambiente e o sangue. São dois órgãos de forma piramidal, de consistência esponjosa medindo mais ou menos 25 cm de comprimento. Os pulmões são compostos de brônquios que se dividem em bronquíolos e alvéolos pulmonares. Os pulmões humanos são divididos em segmentos denominados lobos. O pulmão esquerdo possui dois lobos e o direito possui três. Os pulmões são revestidos externamente por uma membrana chamada pleura. A pleura tem uma cavidade, chamada cavidade pleural que possui um liquido que facilita os movimentos dos pulmões durante a ventilação pulmonar.


Movimentos Respiratórios

Inspiração e Expiração

Inspiração é processo no qual há a entrada de ar no nosso organismo pelo nariz. Quando inspiramos, o ar entra, e assim os músculos intercostais e o diafragma se contraem, com isso há o aumento do volume da caixa torácica e a diminuição da pressão interna, e por fim entrando ar nos pulmões.

Já a expiração é o processo no qual há a saída do ar que ocorre da seguinte maneira: com o relaxamento dos músculos intercostais e do diafragma, há a diminuição do volume da caixa torácica e aumento da pressão interna, assim saindo o ar dos pulmões.

 

Trocas Gasosas

O transporte de gás oxigênio está a cargo da hemoglobina, proteína presente nas hemácias. Cada molécula de hemoglobina combina-se com quatro moléculas de gás oxigênio, formando a oxi-hemoglobina. Cerca de 97% do O2 transportado dos pulmões para os tecidos são carregados em combinação química com a hemoglobina nas hemácias. Os 3% restantes são carregados em estado dissolvido no plasma e transportados para os tecidos em solução simples.

Hemácias: Sua função é transportar o oxigênio (principalmente) e o gás carbônico (em menor quantidade) aos tecidos. A hemácia contém um pigmento chamado hemoglobina, que transporta o oxigênio na célula. Elas vivem em nosso organismo por até 120 dias.


Hemoglobina: A hemoglobina é uma proteína presente nos eritrócitos (hemácias), constituindo aproximadamente 35% de seu peso. É um pigmento presente no sangue responsável por transportar o oxigênio, levando-o dos pulmões aos tecidos de todo o corpo. Ela é capaz de transportar oxigênio numa quantidade superior a vinte vezes seu volume. Entretanto, quando se une ao monóxido de carbono, ela perde sua capacidade de combinar-se com o oxigênio, o que implicará na perda de sua função e, consequentemente, em possíveis danos ao organismo. Além de transportar oxigênio, a hemoglobina também participa do processo de transporte de nutrientes a todas as células do corpo, processo este, no qual o sangue leva os nutrientes e recolhe as substâncias secretadas pelas células, conduzindo-as, posteriormente, para fora do organismo.

Gás carbônico: Nos tecidos ocorre um processo inverso: o gás oxigênio dissocia-se da hemoglobina e difunde-se pelo líquido tissular, atingindo as células. O CO2 se dissolve bem no sangue, com uma facilidade muito maior que o O2, consequentemente a pressão do CO2 será também bem menor que a do O2. Já a concentração de CO2 é muito maior que a de O2 (por isso sua concentração é mais importante que a de O2). A maior parte do gás carbônico (cerca de 70%) liberado pelas células no líquido tissular penetra nas hemácias e reage com a água, formando o ácido carbônico, que logo se dissocia e dá origem a íons H+ e bicarbonato (HCO3-), difundindo-se para o plasma sanguíneo, onde ajudam a manter o grau de acidez do sangue. Cerca de 23% do gás carbônico liberado pelos tecidos associam-se à própria hemoglobina, formando a carboemoglobina.  O restante dissolve-se no plasma.

As hemácias possuem a enzima anidrase carbônica que catalisa a reação H2O + CO2, que formara acido carbônico que por sua vês se dissociara em íons bicarbonato e H+ (todo este processo ocorre dentro da hemácia).

Na circulação parte de todo CO2 é transportado na forma de bicarbonato dentro da hemácia (maior parte), também na forma liquida no sangue e por ultimo ligado a hemoglobina Hb-CO2 (carboemoglobina).

  • 70% na forma de bicarbonato dentro da hemácia.
  • 23% Hb-CO2.
  • 07% CO2 dissolvido no plasma.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: